sábado, 1 de março de 2008

Michel

O terceiro.

Foi o primeiro macho que eu adotei. Na verdade, o adotei pra colocar ordem na casa... rsrsrs brincadeira! Eu queria um siamês de cada cor (ainda falta um pra completar a coleção - o lilac point), e quando vi esse lindo red point me apaixonei - de novo.

O Michel era uma coisinha minúscula quando fui buscá-lo, cabia na palma da minha mão.E era a coisinha minúscula com o pulmão mais potente que eu já tinha visto... miava sem parar em uma altura ensurecedora!



O Michel é o gato mais miento que eu já vi. Conversa em qualquer lugar, a toda hora e, por incrível que pareça, fica emburrado se a gente não responde. Aí, se estou no quarto, ele vai até a sala e fica miando desesperadamente até eu chamá-lo. E vem miando até o quarto, onde continua o bate papo alegremente.


Aliás, essa não é a única característica desse mocinho. Ele também é adepto do pecado da gula. Sempre que pode, ataca as tigelinhas cheias de ração, e sempre que outro gato vai comer, ele se coloca na frente e não deixa. É tinhoso, o menino! Não é à toa que está quase com seis quilos de pura gostosura!


Mas apesar de tudo ele é puro charme. Vive lambendo e abraçando seus irmãozinhos. Ele tem a predileção de dormir abraçado, principalmente com a Stephanie, e algumas vezes, ficam parecendo aquele símbolo ying-yang.


Ele é, sem dúvida nenhuma, muito charmoso. É especial e sabe disso!



"É, eu sou demais!"

2 comentários:

Gatum disse...

Lindo, lindo, lindo!!!!

Bine® disse...

Coisa mais fofa !!! Lindo !!!